Brasil Food Safaris, ganha na categoria "Patrimônio Cultural", o primeiro prêmio de Turismo Responsável da WTM Latin América

Foto de Brasil Food Safaris de uma de suas experiências
Foto de uma das experiências do Brasil Food Safaris 

Convicta de que o turismo é um agente transformador e que o Turismo Responsável não é uma opção, mas a única alternativa para um Planeta mais sustentável, acompanhei, por um evento online, o 1º Prêmio de Turismo Responsável da WTM Latin América (WTM LA). E na categoria "Patrimônio Cultural", entre diversos participantes de vários países, o ganhador foi o projeto 'Brasil Food Safaris'.


Foto de Brasil Food Safaris de mais um grupo numa de suas experiências
Foto de Brasil Food Safaris de um grupo numa das viagens

Primeiro prêmio de Turismo Responsável da WTM Latin America - Brasil Food Safaris é um dos ganhadores

O prêmio da WTM  Latin America reuniu um total de 50 inscritos, tendo treze finalistas em diferentes categorias:

  • Melhor contribuição para a conservação da vida Selvagem;
  • Melhor iniciativa para redução da pobreza;
  • Melhor destino para o turismo responsável;
  • Melhor atração do Patrimônio Cultural.

O "Brasil Food Safaris", vencedor na categoria Turismo Responsável, realiza experiências únicas unindo pessoas através da gastronomia, em viagens para lugares exclusivos com foco na culinária local. Os destinos são escolhidos com relevância cultural e fazem dos ingredientes e das técnicas de cozinha o principal atrativo.

As expedições incluem aulas práticas com cozinheiros locais, visita a mercados para reconhecimento e compra de ingredientes, visita a atrativos turísticos, passeios pela natureza e pelo ambiente da população local e refeições em restaurantes de chefs renomados. A programação é elaborada com foco no interesse comum dos participantes: a gastronomia.


Foto de Brasil Food Safaris, experiência Japão
Foto de Brasil Food Safaris, experiência Japão


Os Food Safaris são uma parceria entre Pollianna Thomé, através da operadora de turismo Bravo Expeditions, e o Chef Paulo Machado, com o Instituto de Pesquisas em Patrimônio Alimentar Paulo Machado.

Bate-papo com o pessoal do Brasil Food Safaris


Procurei Paulo Machado, um dos sócios do 'Brasil Food Safaris', para conhecer mais sobre esse trabalho . Confira: 

1- Como surgiu a ideia de fazer turismo gastronômico? Há quanto tempo o serviço é oferecido?

Há anos trabalho divulgando a cozinha brasileira em eventos internacionais. As pessoas queriam vir na mala. Foi aí que a Pollianna Thomé, da operadora de turismo Bravo Expeditions, me procurou para levarmos pessoas para cozinhar em lugares inusitados. Nasceu daí a marca Brasil Food Safaris. Já viajamos pra muitos países de quatro continentes, criamos expedições em todos os biomas do Brasil, acrescentamos em nosso tempero o amor pela gastronomia regional e o turismo responsável além da valorização do patrimônio cultural de cada localidade visitada; e este ano completamos 9 anos, com alguns prêmios na bagagem e na ânsia por mais.


2- Qual o perfil de público? Os passeios costumam atrair mais os profissionais da área de gastronomia ou tem despertado interesse de outros públicos?

Gostar de gastronomia é a única premissa para fazer parte das nossas viagens. Atendemos desde chefs consagrados a arquitetos, médicos, pesquisadores, fotógrafos, donas de casa, cozinheiras de tradição, veganos, meat lovers e foodies. Nosso grupo tem em ponto comum o amor pela gastrocultura. É interessante ver  jovens atraídos pela viagem de nicho gastronômico. No final, todo mundo vira uma grande família que goza de benefícios no clube foodsafaris, um grupo de vantagens, descontos e muita informação nesta área.


Em foto de Brasil Food Safaris, mais uma experiência imersiva
Em foto de Brasil Food Safaris, mais uma experiência imersiva

Os roteiros do Brasil Food Safaris

3- Como é feita a escolha dos roteiros? Todas as regiões do país são contempladas?

Os roteiros têm por base as viagens mais inusitadas que eu ou a Polli já fizemos e até destinos novos que temos vontade em desbravar. Sempre mantendo aquele mister de lugares nada óbvios, ou que levam o clientes a ter uma experiência singular, que ele não conseguiria fazer da mesma forma se estivesse sozinho. Primamos pelas boas amizades e os prazeres das descobertas e sabores a mesa, além de seguirmos os rigorosos protocolos de biossegurança. Hoje temos roteiros nos quatro cantos do Brasil e vem nascendo mais. Em junho, iremos explorar os sabores da capital gaúcha, no saboroso inverno de Porto Alegre. Será um roteiro enxuto e cheio de surpresas no final de semana. Já em julho conheceremos as riquezas do vale do Rio São Francisco que produz vinhos e frutas para exportação. Tudo com muita qualidade e cultura brasileira na veia.


Mais um grupo que participou de uma experiência do Brasil Food Safaris (crédito foto: Brasil Food Safaris)
Grupo em uma das viagens do Brasil Food Safaris (crédito foto: Brasil Food Safaris)



4- Vocês levam a experiência para destinos internacionais também?

Fazemos isso desde 2014. Nosso primeiro destino internacional foi Lima, no Peru. Desde então não paramos: temos viagens para o México no dia de Muertos; para a Catalunha para colher azeitonas da variedade Arbequina; para o Japão no início da temporada de peixes gordos no inverno; caçadas de trufas na Eslovênia; cafés e arepas na Colômbia... Sem contar roteiros que estão no gatilho para nascer, como Uruguai, Etiópia e Transilvânia no Leste europeu.


5- Além de valorizar e difundir a culinária de diferentes locais, o Brasil Food Safaris contribui para o turismo sustentável. O que o prêmio da WTM Latin America representa para vocês?

A certeza de que estamos num caminho de sucesso. Nosso maior desafio hoje é trazer pessoas para aprender que se fizerem um foodsafaris, sairão encantadas, realizadas. Aprenderão técnicas e vivências inéditas e vão querer mais. Uma vez que vira cliente é satisfação garantida. O FoodSafaris acaba se tornando um estilo de vida. Um “goal in life”. Temos queridos amigos que já fizeram viagens conosco por mais de oito vezes. O importante é que trabalhamos com o sonho, com o prazer, e quando a pessoa entende que isso é também um bem necessário pra saúde mental e social dela o nosso trabalho fica completo. 


Foto de Brasil Food Safaris de mais uma experiência
Foto de Brasil Food Safaris


Brasil Food Safaris é um exemplo de Turismo Responsável

Confira mais um trabalho sobre Turismo Responsável e, especialmente, sobre a responsabilidade do influenciador.

E que cada vez surjam mais iniciativas como essa, onde a valorização da cultura, preservação da nossa história e identidade como país, como estado e como comunidade, sejam o grande pilar do negócio, da atividade.

Além de empreendedores desse novo turismo, que todos nós, consumidores dessas iniciativas, como turista, blogueiro ou influenciador, também tenhamos cada vez mais responsabilidade nas nossas escolhas.

Se animou com as experiências e quer iniciar na gastronomia, conheça os melhores livros de culinária para iniciantes, sugeridos pela Eneida Latham, do Bem Afiada.



➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤

O blog é afiliado de alguns serviços que poderão ajudar na sua próxima viagem ✈.
Você não pagará nada a mais por isso e nós seremos comissionados pela indicação.

🏩 Procure sua hospedagem através do Booking. Um serviço que compara preços de hotéis em qualquer lugar do mundo.
🚗 Reserve seu carro com a Rentcars. Um serviço que compara preços entre as principais locadoras do Brasil e do mundo.
🔐 Faça seu seguro com a Segurospromo. Um serviço que compara os preços entre as melhores seguradoras.
📱 E já saia do Brasil levando o seu chip com a Eeasysim4u. Oferece plano de dados em 140 países, com conexão de Internet ilimitada. Receba o chip na sua casa e já chegue ao destino conectado.
💰 Compre sua moeda estrangeira na DG Câmbio usando o cupom GARIMPANDO.

➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤➤




7 comentários

  1. Nossa, super interessante. Eu com certeza faria um roteiro assim, aliando gastronomia ao turismo responsável. Adorei conhecer a iniciativa! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estou bem curiosa para ter essa experiência.
      beijos

      Excluir
  2. ANDRESSA DE BEIJA27 de maio de 2021 06:29

    Que iniciativa incrível, e ainda mais um brasileiro ganhando o prêmio no segmento de Turismo Responsável, algo cada vez mais importante na atividade turístico, especialmente nesse momento em que vivemos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, um momento que exige muita consciência e trabalhos como esse.
      beijos

      Excluir
  3. Que iniciativa bacana! Um ótimo incentivo ao turismo responsável, um ramo que cresce cada vez mais. Eu particularmente não faço viagens só por causa da comida, mas não deixo de experimentar a gastronomia local onde quer que vá.

    ResponderExcluir
  4. Adorei saber mais sobre o Brasil Food Safaris! A gastronomia é um fator muito importante nas minhas viagens, ajuda a entender tudo sobre um lugar!

    ResponderExcluir
  5. Não sabia desse prêmio de Turismo Responsável, muito legal isso! E também não sabia do Brasil Food Safaris, que venham outros prêmios.

    ResponderExcluir