Vale do Café: Visite às fazendas históricas

Fazenda Paraízo durante visita do ProCap Vale do Café
Fazenda Paraízo durante visita do ProCap Vale do Café


Vale do Café e suas fazendas históricas, um programa que sempre recomendo, não só pelas belezas naturais e arquitetônicas, mas pelo seu valor histórico. Essa foi minha terceira vez no Vale do Café como criadora de conteúdo para o mercado de turismo. Desta vez, fui convidada para a segunda edição do ProCap (Programa de Capacitação da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro - ABIH-RJ), na região do Vale do Café. O programa aconteceu entre os dias 9 e 15 de agosto, reuniu agências de viagem, operadoras e influenciadoras com o objetivo de promover a capacitação, atualização, promoção e venda desse belíssimo destino e seus atrativos turísticos. Saiba mais sobre essa segunda edição, clicando no link ao lado: Abih-RJ- ProCap no Vale do Café Café.


Vale do Café e suas fazendas cheias de história e belezas naturais


Em Vassouras 

Fazenda da Cachoeira Grande

Nossa primeira visita foi à fazenda Cachoeira Grande, em Vassouras, que hoje pertence à família de Francesco Vergara Caffarelli, um industrial e colecionador de arte. A fazenda, restaurada e bem decorada, proporciona uma deliciosa volta no tempo, além de suas belezas naturais.


Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras, no Vale do Café
Fazenda da Cachoeira Grande, em Vassouras. Visita durante ProCap Vale do Café

A história desta fazenda começa lá pelos anos de 1820 com a abertura da "Estrada da Polícia" que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais. Nesta época, atraído pelas novas oportunidades, Custódio Ferreira Leite, mineiro, que depois passou a ser o Barão de Aiuruóca, e diversos sobrinhos, foram para a região que hoje conhecemos como Vale do Café. Um deles, Francisco José Teixeira, se destacou e em pouco tempo tornou-se um importante plantador de café.

Quando Francisco José Teixeira casou-se com sua prima Maria Esméria Leite Ribeiro e recebeu como dote a Fazenda da Cachoeira Grande, que era cortada pela "Estrada da Polícia", deu início à construção da sua imensa fortuna. Francisco José Teixeira depois receberia o título de Barão de Vassouras.

Em 1851, já viúvo, casou-se novamente com Ana Alexandrina Teixeira Leite e passou a morar na "Vila de Vassouras", usando a Fazenda da Cachoeira Grande apenas nos finais de semana.

Francisco chegou a ser Presidente da Câmara, fez melhoramentos na vila e foi um grande incentivador do transporte ferroviário.  Morreu em 1884. Sua filha Maria Isméria, que herdou a fazenda, recebeu a Princesa Isabel para um jantar ainda em 1884. A fazenda ainda foi grande produtora de cachaça. Em 1957, Vassouras se torna uma cidade.

Em 1987, Francisco Vergara e sua esposa Núbia compraram a fazenda com o compromisso de restaurá-la e torná-la o mais semelhante possível ao que era. A reforma durou quatro anos. Contrataram o arquiteto Eloy de Mello, especialista em arquitetura colonial, e o engenheiro Jorge A. Joppert.


Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras, no Vale do Café
Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras. Visita durante o ProCap Vale do Café


Visitação

Desde 1996 a fazenda está aberta a visitantes. Magdalena, tia da atual proprietária, é responsável por esse projeto.

A Fazenda da Cachoeira Grande está aberta à visitação em dois horários: 11h e 15h, diariamente. As visitas devem ser agendadas previamente.


Vista da janela da casa da Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras, no Vale do Café
Vista da janela da casa da Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras, no Vale do Café

Como é a visita?

O visitante passeia pela sede, ouvindo a história da fazenda e da restauração.
Recebe também informações sobre o mobiliário.
A visita termina com café e pão de queijo, bolo ou biscoitos caseiros.


Sala de estar da casa da Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras, no Vale do Café
Sala de estar da casa da Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras, no Vale do Café


Também é possível visitar o Museu de Carros Antigos. 

O museu reúne diversas raridades da coleção de Francesco Vergara Caffarelli. A coleção já chegou a quase 250 automóveis. Hoje são 5 carros.


Piano da casa da Fazenda da Cachoeira Grande em Vassouras, no Vale do Café



Hospedagem

Que tal se hospedar numa fazenda histórica?

A hospedagem é uma antiga casinha artesanalmente recuperada e transformada num chalé aconchegante, à beira da lagoa dos jardins fazenda.

O chalé conta com duas suítes e uma sala com mini cozinha.

Mais informações: Fazenda da Cachoeira Grande


Fazenda São Luiz da Boa Sorte

A Fazenda São Luiz da Boa Sorte foi fundada em 1835 e foi uma das principais fazendas históricas em Vassouras, no Vale do Café.


Fazenda São Luiz da Boa Sorte no Vale do Café
Fazenda São Luiz da Boa Sorte. Visita durante ProCap Vale do Café


A fazenda é na verdade a união de duas importantes fazendas do ciclo áureo do café, a São Luiz e a Boa Sorte.

Foi delicadamente restaurada em diferentes épocas pelos arquitetos João Reis e Gilmar Peres, e contou com o patrocínio da Ceg e da Light, também em diferentes momentos.


Museu do Café

O Vale do Café já foi o maior produtor de café do país. O auge da produção foi pelos anos 1850, com mais de 600 fazendas produtivas. Conhecido como "Áureo Ciclo do Café", foi uma época de muita riqueza, mas também de uma história que não é para ninguém se orgulhar, a escravidão. Dos mais de seis milhões de escravizados que chegaram ao Brasil, pelo Cais do Valongo, dois milhões deles foram para a região do Vale do Café trabalhar nas fazendas e são sim, apesar da invisibilidade, responsáveis pelo enriquecimento da sociedade. 

O café é africano, mas diferentes relatos divergem sobre a real origem. Independentemente das histórias contadas, ainda hoje é a bebida mais consumida do mundo.


Vista da varanda da Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café
Vista da varanda da Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café



Visitas

A fazenda disponibiliza visitas guiadas, incluindo o Museu do Café, para grupo ou particular. Também estão disponíveis visitas pedagógicas.


Piano da Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café
Piano da Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café



Hospedagem

A Fazenda São Luiz da Boa Sorte também oferece hospedagem, num total de 21 suítes, assim divididas:


Quarto da Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café
Quarto da Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café



Casa Colonial

Bem próxima à sede da fazenda, a casa é ideal para família ou grupos.

Suítes Coloniais

As suítes ficam na parte interior da sede, próximo à piscina. São muito confortáveis e ideais para casais e famílias.

Suítes Históricas

Você pode optar pela Suíte do Barão, da Baronesa ou do Padrinho.

Suítes Vila Hípica

Confortáveis suítes com um toque mais contemporâneo.


Visita Guiada à Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café
Visita Guiada à Fazenda São Luiz da Boa Sorte, no Vale do Café


Lazer

A fazenda São Luiz da Boa Sorte tem diferentes opções de lazer para encantar adultos e crianças. De atividades ao ar livre para os pequenos a espaços de descanso e relaxamento para os adultos. Você pode curtir uma prainha de água doce numa espreguiçadeira,  praticar um stand up paddle ou passear de pedalinho. Também pode desfrutar de uma piscina com sistema de aquecimento ou uma sauna para desestressar. Há ainda trilhas e cavalgadas entre as opções e, certamente, uma delas irá se encaixar com o que você está buscando.


Mais informações no site: Fazenda São Luiz da Boa Sorte.


Visite as Fazendas Históricas, elas contam a história do nosso Estado e do nosso País


Rio das Flores

Fazenda do Paraízo

A Fazenda do Paraízo foi construída por Domingos Custódio Guimarães, barão e depois Visconde do Rio Preto, entre os anos de 1845 e 1853. Hoje, os atuais proprietários Simone e Paulo Roberto Belfort administram a fazenda comprada pelo bisavô de Paulo, em 1912.

Entrada Fazenda Paraízo
Entrada Fazenda Paraízo, durante vista do ProCap Vale do Café



A fazenda, que até hoje é produtiva, tem pinturas e móveis originais que tornam a visita muito especial. A Fazenda Flores do Paraízo também já foi conhecida como "a joia de Valença" e "Fazenda Modelo" por seu projeto inovador para a época. Tinha iluminação a gás da casa sede, o que até mesmo na Corte era desconhecido, graças a instalação de maquinários que vieram dos Estados Unidos. 

Também se destacou na âmbito social, com a formação de uma banda composta por 80 escravos que se apresentavam durantes as festividades locais.

Fachada Fazenda Paraízo
Fachada Fazenda Paraízo




Visita

A fazenda está aberta a visitas, mas com agendamento prévio.

Não é permitido fotografar no interior da fazenda, mas antecipo que há uma surpresa para os visitantes ao fim da visita.

Vista da sacada da Fazenda Paraízo
Vista da sacada da Fazenda Paraízo



Além do tour histórico é servido um delicioso café com bolos e doces feitos no fogão à lenha da propriedade.

Para mais informações acesse o site da fazenda: Fazenda do Paraizo.


As fazendas históricas preservadas e abertas a visitação são oportunidades imperdíveis de ver de perto uma parte do nosso passado


Valença

Fazenda Vista Alegre

A história da Fazenda Vista Alegre começa na segunda metade do século XIX com Visconde de Pimentel e ela já começou com ações pioneiras nas artes, cultura e desenvolvimento socioeconômico, destacando-se também como referência em desenvolvimento sustentável.

Fazenda Vista Alegre
Fazenda Vista Alegre durante visita do ProCap Vale do Café


A fazenda foi a primeira no país a alfabetizar os filhos dos escravizados e também crianças de famílias sem recursos da região. A escola ficou conhecida como "Escola de Ingênuos".

Café, escola, música, artes teatrais e religião, e depois em 1912, a primeira indústria de queijos. A fazenda foi pioneira em muitas frentes. A partir de 1980, a Fazenda Vista Alegre passou a pertencer à família Mattos Santos, e atualmente a criação e venda de gado é a principal atividade.


Chegada à Fazenda Vista Alegre
Chegada a Fazenda Vista Alegre 


A Fazenda Vista Alegre já foi cenário de muitas produções como "Casa Brasileira", na novela "Espelho da Vida" e até no especial da Xuxa 10 anos de TV Globo.


Manége

A Fazenda Vista Alegre oferece o serviço de Manège, um centro de treinamento especializado na formação de cavalos novos. O adestramento equestre é feito por cavalheiros com formação em equitação acadêmica. Também oferecem hospedagem para cavalos. 


Antiguidades na Fazenda Vista Alegre
Antiguidades na Fazenda Vista Alegre


Hospedaria

Funcionando como Hospedaria Guest House, com uma hospitalidade diferenciada dos hotéis fazenda, os hóspedes ficam com os proprietários na sede e vivenciam toda a dinâmica da fazenda. Ideal para quem busca uma viagem história, mas ao mesmo tempo em harmonia com a Natureza.

São 6 quartos, sendo 3 suítes.


Pinturas na Fazenda Vista Alegre



Casamento

Para quem busca um cenário bucólico para a celebração do seu casamento, a Fazenda Vista Alegre disponibiliza seus charmosos jardins.


Visitas

São pacotes com programação que inclui uma simples visita, sem exigência de número, com lanches para grupos e com almoço também para grupos. Promovendo o conhecimento e estimulando o Turismo Histórico e Cultural da região.

Também oferece Turismo Pedagógico com visitas históricas lúdicas e interativas para colégios. 


Lindos jardins da Fazenda Vista Alegre
Lindos jardins da Fazenda Vista Alegre



As visitações precisam ser previamente agendadas pelo e-mail [email protected]


O Vale do Café é um destino que precisa ser cada vez mais preservado e visitado


Valença

Fazenda Florença

Foi fundada pelos Teixeira Leite, que vieram de Minas Gerais atraídos pela riqueza do café.


Fazenda Florença
Fazenda Florença durante visita do ProCap Vale do Café

 

Erguida em 1852, a atual sede do casarão destaca-se por um imponente alpendre, de influência italiana. Feita em base de pedra e piso de peroba do campo com detalhes no estilo neoclássico.

Os hóspedes fazem uma viagem pelo tempo no interior do casarão através de objetos originais do século XIX, como bengalas, cartolas e porcelanas.


Jardins da Fazenda Florença
Jardins da Fazenda Florença durante visita do ProCap Vale do Café

 
São três as opções de acomodações:


Ala das Roseiras

São 16 apartamentos no térreo e sem varanda individual.


Quaresmeiras

No térreo ou no segundo andar, apartamentos com varanda individual.


Nolinas

A área mais nova com amplos apartamentos com varanda e suítes.



Visitas

A sede da fazenda está aberta à visitação em horário programado.

Visita histórica à fazenda.

Visita guiada ao cafezal com degustação do premiado café.

Sarau teatral e musical.


Café premiado produzido na Fazenda Florença
Café premiado produzido na Fazenda Florença




Contatos

24 2438-0124
24 99214-5088
[email protected]


Nenhum comentário