O que fazer em Paris? Tudo que todo mundo já contou e mais um pouco

Torre Eiffel Paris
Torre Eiffel, Paris


Afinal, o que fazer em Paris? Vou te dar uma dica imperdível.


Se você está indo pela primeira vez, é óbvio que você não vai conseguir fugir dos clichês e visitar todos os principais pontos turísticos, mas se você já foi, dispense tudo isso. Faz assim: depois de cumprir o roteiro regulamentar, separe um tempo para simplesmente caminhar sem rumo e se perder (e se achar) pela ruas. Paris é uma das cidades mais belas e interessantes que eu conheço, e cada rua, cada esquina, cada detalhe merece ser apreciado sem moderação. Desfrute dos cheiros, das cores e respire Paris, em Paris. Tenho certeza que você não irá se arrepender.

Está indo pela primeira vez e precisa de uma dica de hospedagem, confira aqui: Onde se hospedar em Paris ou escolha o seu hotel pela nossa afiliação com o Booking.




Fachada de edifício em Paris
Fachada em Paris

E depois de muito caminhar, sem nenhum roteiro pré-estabelecido, apenas deixando que a beleza e a arquitetura da cidade te conduzam, o próximo passo é sentar num café, comer um croissant ou qualquer uma das muitas iguarias francesas, tomar um vinho, pode ser o "da casa", sim. Estas são as melhores dicas que você precisa saber sobre Paris. Deixe que a cidade te surpreenda.

Antes de viajar, não deixe de comprar o seu chip pré-pago. Testei e aprovei o uso na Europa, portanto, recomendo, e para isso, use o nosso link: Easysim4u.



Macaron em Paris
Macaron em Paris


Paris, conhecida como a cidade luz, é a capital e a mais populosa cidade da França. Seu nome se deve aos Parísios. Os Parísios foram um povo celta da Idade do Ferro que vivia nas margens do rio Sena na Gália em meado do século III a.C. e habitou a região até a chegada da era Romana.

São 2,244 milhões de pessoas, dados de 2010. Para se locomover dentro da cidade, além de ônibus, há o metrô, com 14 linhas, sendo o terceiro maior da Europa. Atenção: conserve o seu ticket até o fim da viagem, ele comprova que você utilizou o sistema. Em algumas estações ele é necessário para sair e também para apresentar aos fiscais que podem cobrá-lo nos trens e corredores da estação. O mesmo ticket do metrô serve para o ônibus, mesmos preços, com validade de 1 hora.


E o Uber, funciona em Paris? Veja aqui minha experiência: Uber em Paris.

Paris é servida ainda pelo RER, uma rede ferroviária suburbana que facilita a ligação de toda a região metropolitana. Seis grandes estações ferroviárias ligam-na à sua periferia através das quinze ferrovias do Transilien, e a todas cidades da França e à zona rural próxima através do TGV ou de trens clássicos.

O Sena corta a cidade formando um arco, entrando pelo sudeste e saindo pelo sudoeste. Mais de trinta pontes permitem a travessia do curso fluvial.



Margens do Rio Sena
Margens do Rio Sena


 Dicas das principais atrações turísticas de Paris 


Torre Eiffel, é uma torre treliça de ferro do século XIX, construída por Gustave Eiffel, para a Exibição Universal de 1889, realizada na data do centenário da Revolução Francesa. Considerada até hoje o principal símbolo da cidade, é o monumento pago mais visitado do mundo. Possui 324 metros de altura e fica cerca de 15 centímetros mais alta no verão, devido à dilatação térmica do ferro.

Site oficial: Toureiffel Paris


Torre Eiffel, Paris
Torre Eiffel, Paris


Avenida Champs-Élysées, uma das mais largas e famosas avenidas do mundo, e neste caso, tenho que contar uma particularidade. Primeira vez que viajo para a Europa no período que antecede o Natal. E começando justamente por Paris, a cidade luz, que fica ainda mais iluminada com a decoração natalina, confesso que tanta beleza me impressionou. Tudo se dividiu entre Natal na Europa e Natal no Brasil, são bem diferentes. Não sei se é por um aspecto religioso ou se para amenizar o inverno rigoroso, só sei que eles vivem essa festa intensamente e lindamente.


Avenida Champs-Élysées iluminada para o Natal
Avenida Champs-Élysées iluminada para o Natal



Arco do Triunfo, construído por Napoleão Bonaparte em 1806, em homenagem às vitórias francesas e aos que morreram no campo de batalha.


Arco do Triunfo
Arco do Triunfo



Museu do Louvre, famoso por abrigar importantes obras de arte, como o quadro Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, e todos os museus de Paris são obrigatórios, tudo depende da sua agenda.
Museu de Orsay, museu que reúne importante coleção de arte impressionista e foi, no passado, uma estação de trem.
Centro Georges Pompidou, nele encontram-se o Musée National d'Art Moderne, a Bibliothèque publique d'information (biblioteca pública de informação), o IRCAM, um centro para música e pesquisas acústicas, entre outros equipamentos culturais e, também foi anexado ao centro, o Atelier Brancusi que abriga esculturas do artista romeno Constantin Brancusiem.



Museu do Louvre
Museu do Louvre

Montmartre, um dos meus lugares preferidos no mundo. Uma área histórica da cidade onde se localiza a Basílica de Sacré Cœur e famosa pelo seus cafés, estúdios e clubes noturnos, como o Moulin Rouge. 


Sacré Cœur
Sacré Cœur

Catedral de Notre-Dame, famosa catedral gótica construída em 1163 no centro da cidade.

Catedral de Notre-Dame
Catedral de Notre-Dame

Antes de qualquer viagem, não deixe de fazer o seu seguro viagem. Faça através do nosso link, você não paga nada a mais por isso e o blog recebe uma pequena comissão: Segurospromo.



Locais que visitei apenas da primeira vez que fui à Paris: 


Cemitério do Père-Lachaise, onde estão enterradas pessoas famosas como Oscar Wilde, Jean-François Champollion, Édith Piaf, Chopin, Allan Kardec ou ainda Jim Morrison.

La Défense, o centro financeiro de Paris, a oeste da cidade.

Palácio de Versalhes, localizado na cidade de Versalhes e construído por Luís XIV para abrigar toda a corte, designava o poder, a glória e a riqueza do Rei Sol (Luís XIV).


Essa roteiro não fez parte da minha programação em nenhuma das vezes que visitei a cidade, mas, especialmente se você viaja com crianças, cabe avaliar:

Disneyland Resort Paris, complexo turístico do conglomerado Disney contendo várias opções de entretenimento incluindo dois parques multitemáticos, Disneyland e Walt Disney Studios;



De Paris eu segui viagem até Toulosse, no sul da Franca, em breve conto como foi conhecer essa bela cidade. Para viagens terrestres alugue um carro e vá desfrutando e parando em diversos pontos da viagem. Para isso utilize o nosso link, você não paga nada a mais por isso e o blog é comissionado: Rentcars.





Uma publicação compartilhada por Olívia Souza Cruz (@oliviagarimpandoporai) em

Nenhum comentário