Por que viajar de trem pelo mundo?

Foto de um trem nos trilhos
Por que viajar de trem pelo mundo?


Por que viajar de trem pelo mundo? Viajar de trem, especialmente fora do Brasil, é uma experiência incrível, mas hoje acredito que vai além, é também uma mudança de comportamento necessária para todos os viajantes. Precisamos ter um olhar mais consciente sobre todas as nossas viagens e adotar opções mais responsáveis. 


Reflexão que precisamos fazer nas nossas próximas viagens: 
Como posso agir para fazer viagens cada vez menos agressivas ao meio ambiente?

Viajar de trem pelo mundo emite menos CO2


Você sabia que os aviões emitem 77 vezes mais CO2 por passageiros do que os trens em viagens com menos de 4 horas? Os trens também são mais sustentáveis em níveis de ruído, uso de espaço e consumo de energia. As viagens de trem só não ganham para bicicletas e caminhadas, mas para longas distâncias estas não são as melhores opções, exceto que você tenha feito promessa ou adotado um estilo de vida muito particular.

Neste outro post falo sobre roteiros a pé. Sempre recomendo esses roteiros em várias cidades do mundo. Agora falando em deslocamento entre várias cidades do mesmo país ou entre países, especialmente na Europa, esse é o questionamento que devemos fazer:

Por que usar voos domésticos de curta distância, se existem alternativas de trem?

Fora toda a questão de preservação do planeta, eu ainda acrescento vários argumentos para legitimar essa escolha. Uma viagem de trem é muito mais confortável do que de avião, exceto se você for um privilegiado que viaja de executiva, mas esses trechos de voos domésticos nem contam com essa opção. As viagens de trem já contam com Internet, algumas vezes paga e outras gratuitas, durante toda a viagem. As poltronas dos trens são muito mais confortáveis, sem contar o privilégio de ir contemplando belas imagens ao longo da viagem.

Outra dica interessante é optar por viagens noturnas, alguns trens têm até cama. Você já economiza uma diária enquanto está se locomovendo entre cidades ou países.


Foto de trilhos de trem
Viajar de trem pelo mundo é uma atitude responsável



Vantagens de viajar de trem pelo mundo


Outro ponto importante é que, na grande maioria das vezes, as estações de trem ficam localizadas no centro das grandes cidades, o que já facilita bastante nas chegadas em novas cidades e/ou novo país. Também pode significar uma boa economia com o deslocamento até a acomodação. Aeroportos normalmente ficam mais distantes. Os trens partem regularmente no horário. Você não precisa chegar com horas de antecedência. O check-in nos aeroportos está cada vez mais complicado e cansativo, o que nos trens isso ainda não acontece e espero que continue assim.

Especialmente na Europa, existem passes e bilhetes com preços diferenciados, importante sempre pesquisar as opções em cada destino.


Mais uma dica valiosa: 

As malas geralmente ficam num lugar logo na entrada do trem, elas não cabem nos espaços acima das poltronas. Diferentemente do Brasil, é seguro, mas você nunca está livre de uma pessoa distraída sair com a sua mala, especialmente com malas pretas que parecem todas iguais, ou até mesmo de um ladrão, sim, eles também existem fora do Brasil. Recebi essa dica de um viajante muito experiente uma vez e carreguei isso para a vida, eu sempre levo um cadeado de bicicleta comigo e deixo minha mala literalmente amarrada.


Foto de um cadeado de bicicleta
Um cadeado de bicicleta é um item necessário para as viagens de trem


Claro que optamos muitas vezes por voos domésticos ou voos low cost por falta de tempo e queremos aproveitar o máximo, não é mesmo? Agora nos voos low cost ainda tem um estresse extra com a bagagem permitida, porque mesmo que você viaje com apenas uma mala pequena e uma bolsa de mão, dois itens não são permitidos nessa categoria de voo, onde você só pode viajar com um único item e de tamanho reduzido.

Viajar de trem é uma excelente escolha


O período de férias geralmente é curto. Na ansiedade de aproveitar o máximo, fazemos a opção pelo menor tempo de deslocamento, mas será que também não está na hora de rever essa ansiedade de tentar fazer tanta coisa em tão pouco tempo? Afinal, nessa correria, acabamos sem conhecer ou curtir os destinos com mais profundidade. Será que com todos os sinais de desgaste que o Planeta está sinalizando, não estamos precisando repensar essas escolhas? Já verificamos que na alimentação o slow food deve substituir o fast food. Será que não temos que adotar também o slow travel?

Acredito que toda pequena mudança é importante. Toda pequena ação individual é necessária. Se todos pensarmos que não adianta não andar de avião em pequenos percursos, porque os aviões continuarão cheios, em muito menos tempo do que imaginamos nem teremos mais Planeta.

Informação, inspiração e incentivo, são esses os três "i's" que me impulsionam nos meus textos. É exatamente isso que pretendo com esse post, listar sugestões de viagens de trem que já testei e espero que elas te inspirem na sua próxima viagem. 

Infelizmente, no Brasil, nossa malha ferroviária foi sendo cada vez mais sucateada e hoje quase não temos opções. Sinceramente, torço muito que viajar de trem pelo Brasil ainda se torne uma realidade e uma possibilidade.


Dicas e sugestões de lugares por onde você pode viajar de trem


Viagens pelo Brasil

Passeio de Trem Curitiba x Morretes, no Paraná

Se você ainda não fez uma viagem de trem e quer começar com algo aqui pelo Brasil, eu recomento esse passeio. Se você já é um experiente passageiro de viagens de trem pela Europa, está na hora de experimentar um passeio pelo Brasil. 

São diversas categorias de vagões, algumas mais baratas e outras mais luxuosas. Alguns pacotes incluem almoço, mas sugiro um almoço na acolhedora Morretes. Uma opção interessante é ir de trem, mas voltar de van ou ônibus, ou vice-versa. Prefiro ir de trem, porque na volta, bate aquele soninho e você pode dormir. Na ida você aproveita mais o passeio e a paisagem. Alguns preferem voltar de trem para admirar o pôr do sol, mas eu provavelmente perderia o espetáculo porque estaria dormindo.

A viagem de trem de Curitiba até Morretes leva em torno de 4h. A volta na van levou em torno de 1h30min.

Esse passeio já foi considerado pelo jornal The Guardian, do Reino Unidocomo um dos mais bonitos do mundo.

Nesse link você compra o seu passeio: Serra Verde Express


Viagens pela América do Sul, Chile

Sugestão de roteiro
Santiago do Chile - Valparaíso - de ônibus
Valparaíso - Viña del Mar - de Metrô
Viña del Mar - Santiago do Chile - de ônibus

Quando estive em Santiago, no Chile, fiz uma viagem a Valparaíso, que recomendo muito. Valparaíso é uma cidade portuária cheia de charme na costa chilena, ela me lembra um pouco Santa Teresa, onde moro no Rio de Janeiro. Sugiro nos funiculares, que aqui no Brasil conhecemos como bondinhos. As casas coloridas são um espetáculo. Um passeio pelo Oceano Pacifico para ver leões-marinhos. Uma visita à casa do poeta Pablo Neruda.

De Valparaíso você pode pegar um metrô, conhecido como MERVAL, até Viña del Mar. Vai margeando o Oceano Pacífico. 


Foto de trem no Chile
Viajando de trem pelo Chile



Viña del Mar é uma típica cidade praiana, com praias de areia branca e mar gelado, mas também com palácios e castelos. Possui ampla rede hoteleira e boa gastronomia.

Link para o Metrô: aqui


Aqui segue uma dica de Regina Oki, do Turista Full Time, onde ela conta como é a viagem de trem para Machu Picchu, no Peru.



Viagens pela Europa


Viajar de trem pela Europa é bem comum nos roteiros da maioria dos viajantes, mas como já falei acima, agora é muito mais do que pela experiência, é necessário.  


Mais roteiros de trem que recomendo:

Budapeste - Viena - Bratislava - Praga - Kutná Hora - Berlim - Amsterdam 

Veja todo o roteiro nesse post aqui: Budapeste, Praga e Viena

Imagina visitar  de trem todas essas cidades em diversos países.

Um exemplo interessante e que recomendo é ir até à Bratislava, na Eslováquia, de trem, saindo de Viena. Dei um pulinho literalmente num outro país e voltei.

Quando fui ao Palácio de Schonbrunn, mais conhecido como Palácio de Versalhes, que fica num distrito da Áustria, e uma das principais atrações para quem visita Viena, também fui de trem.

Outro exemplo de uma viagem de trem saindo de Praga, na República Checa. Viajei até uma pequena cidade chamada Kutná Hora. É nessa cidade que fica o Ossuário de Sedlec. Confesso que achei bem bizarro uma capela decorada com ossos humanos. Agora visitar cidades pequenas é uma experiência que recomendo para todos, pois mostra um país bem diferente dos grandes centros famosos e cheios de turista como é Praga. 


Foto de um trem em Praga
Viajando de trem por Praga



Holanda


Quando fui pela primeira vez à Holanda, procurei hospedagem em Amsterdam, mas achei os preços altíssimos e optei por me hospedar numa cidade vizinha chamada Zandam. Entre Zandam e Amsterdam leva apenas 12 minutos de trem, é muito rápido, muitas vezes mais rápido que um endereço mais afastado do centro de Amsterdam. Foi uma excelente alternativa e, mais uma vez, consegui observar a diferença entre uma cidade do mundo como Amsterdam e uma pequena cidade holandesa.


Outro roteiro que fiz entre vários países e de trem:


Madri - Barcelona - Montpellier (aqui dei um furo) - Paris

Esse foi um perrengue, mas que hoje em dia com os aplicativos e QR facilitou bastante. Uma vez comprei um ticket de trem indo de Barcelona, na Espanha, até Montpellier, já na França. De Montpellier eu iria de trem para Bourdeaux e depois outro trem para Paris. Comprei de uma empresa de trens francesa e, quando cheguei em Barcelona, não consegui emitir o ticket. Na estação ainda me disseram para dar um "pulinho" na França para emitir, porque não tinha um escritório da empresa francesa na estação, então percebi ali uma "má vontade" dos espanhóis, um regionalismo. Deveria ter comprado de uma empresa espanhola, já que estava indo da Espanha para a França.

Resultado disso foi que só consegui viajar dois dias depois, e perdi minha viagem para Bordeaux, onde encontraria umas amigas. Acabei fazendo Barcelona - Montpellier - Paris.

Hoje está tudo mais fácil, mas melhor ficar sempre atento.


Viagens de trem pela Itália


Eu já estive duas vezes na Itália e em ambas o trem foi o meu melhor amigo nos deslocamentos.

Da primeira vez fiz Veneza - Verona - Florença - Roma
Da segunda vez fiz Rimini  - Bolonha - Florença e Milão


Aqui segue uma dica da Adelaide Pereira, do blog Turista Imperfeito, onde ela conta como viajar de trem nas Cinque Terre, na Itália.


Viagens de trem por Portugal


Em Portugal eu também super indico, já fiz algumas viagens de carro, mas viajar de trem por Portugal é uma excelente opção.

Sugestão
Trem de Lisboa para o Porto. Alguns dias no Porto e você pode fazer de trem para Braga num dia e depois Guimarães.


Aqui segue um post da Lilian Azevedo, do blog Uma Senhora Viagem, onde ela escreve sobre um roteiro de trem em Algarve, Portugal.


Aqui segue uma dica da Gisele Prosdocimi, do blog Destinos Por Onde Andei, onde ela conta sobre a Estação  Central da Antuérpia na Bélgica


Viagens pela Ásia

Passeio de Bangkok para Chiang Mai, na Tailândia

Quando estive na Tailândia viajei de trem entre Bangkok e Chiang Mai, bem ao norte do país, foi uma experiência inesquecível. Nessa viagem optei pelo trem noturno e reservei um lugar que não era em cabine fechada, porque confesso que fiquei insegura, mas que à noite a cadeira se transformava numa cama e, pasme, meu companheiro nessa viagem foi um monge. Tinha como ter companhia melhor?


foto de um monge no trem
Viajando de Bangkok a Chiang Mai de trem e na companhia de um monge



Tailândia passo a passo. Aqui eu conto como foi toda a minha viagem.



Viagens pela África

Viagens de Trem de Casablanca a Marrakesh


Foto com temperos em Marrakesh
Cores, temperos e sabores de Marrakesh


Quando estive no Marrocos a chegada e a partida foi de avião por Casablanca. Fiz uma viagem até Marrakesh e optei por ir de trem.

Um trajeto que dura aproximadamente 3h30min e as estações são lindas. Em Casablanca existem três estações, então fique atento de qual parte seu trem, a mais comum para turistas é a Casa Voyageurs, mas também tem a Oasis e a Port. Não consegui comprar a passagem pelo site, só direto na estação, mas me ajudou a pesquisar os horários.


Bom, espero com esse post, ter conseguido te informar e inspirar para você optar pelo trem sempre que possível e que isso é possível em diferentes lugares pelo mundo.


Foto de um trem viajando nos trilhos
Viajar de trem pela Europa



Quer contratar uma consultoria de viagens? O Blog Olivia Garimpando Por Aí e sua agência de viagens Garimpando Por Aí Viagens tem tudo para te ajudar na realização do seus sonhos. Além da venda de passagens aéreas, hospedagem, seguro viagem, aluguel de veículo e Disney, você contará com a minha expertise de viajante com dicas únicas. 


Um outro parceiro incrível do blog e que pode te ajudar muito na realização das suas viagens é a Civitatis, uma empresa líder em atividades turísticas nos principais destinos turísticos do mundo. Olha aqui uma viagem de trem entre ao Palácio de Versalhes.





3 comentários

  1. Adoro viajar de trem e uso sempre que posso pq é prático, confortável e seguro. Tuas sugestões de roteiro estão ótimas. Já anotei a dica do eixo Budapeste, Praga e Viena.
    Mas a de Casablanca até Marrakesh pq nunca tinha pensado nessa possibilidade.
    Até a próxima!

    ResponderExcluir
  2. Muito importante a sua reflexão sobre a importância de se optar por um deslocamento mais sustentável. E, certamente, que o trem oferece essa possibilidade e muitas outras vantagens. Amei a dica do cadeado de bicicleta! Nunca havia pensado nisso antes. Show! Parabéns pelo excelente post!

    ResponderExcluir
  3. Amei seu post: Por que viajar de trem pelo mundo? Se todo viajante refletisse sobre as facilidades e benefícios de viajar de trem, o mundo seria bem melhor, com certeza.
    Além da delícia que é deslizar pelos trilhos a bordo de um dos mais confortáveis meios de transporte do mundo. Amo viajar de trem, não perco a chance quando tenho oportunidade e recomendo demais também. Beijos.

    ResponderExcluir