Grumari, no Rio de Janeiro, uma das mais belas praias do mundo

Vista panorâmica na chegada em Grumari, no Rio de Janeiro
Vista panorâmica de Grumari, no Rio de Janeiro

Grumari, no Rio de Janeiro, é uma das mais belas praias do mundo. Fica situada no bairro de mesmo nome, na zona oeste do Rio de Janeiro, é um paraíso. Uma praia ainda considerada selvagem, sem construções e com poucos quiosques. A praia tem cancela e limita, nos fins de semana e feriados, a quantidade de banhistas a 600 vagas. Uma praia paradisíaca já conhecida pelos cariocas, mas que ainda precisa entrar na programação de quem visita o Rio de Janeiro.



Grumari, no Rio de Janeiro, uma das mais belas praias do mundo
Grumari, no Rio de Janeiro, uma das mais belas praias do mundo


Grumari, no Rio de Janeiro, eleita uma das 50 melhores praias do mundo


Grumari fica numa reserva ambiental, portanto, como já citei acima, não existem construções na região. Como as demais praias do Rio de Janeiro, a água é gelada, mas em Grumari ela é límpida e transparente. Os cariocas já conhecem bem essa praia, é uma das queridinhas. Entre os turistas, nem de longe Grumari está entre as praias mais famosas. No entanto, em 2022, ela entrou no ranking do site de viagens Big 7 Travel, ocupando o 38 lugar entre as 50 melhores do mundo, desde então passou a atrair a atenção de turistas que visitam a cidade.

Sabe ir a Roma e não ver o Papa, é mais ou menos assim para quem visita o Rio de Janeiro e não conhece as praias de Ipanema e Copacabana, a "Princesinhas do Mar". Já Grumari é para quem busca uma praia menos urbana, afastada dos centros e com muita privacidade. Grumari é uma praia muito frequentada por famílias.

O post da Regina Oki, do blog Turista Full Time, conta mais detalhes sobre Ipanema, a praia mais charmosa. do Rio de Janeiro

Grumari também é um local ideal para quem procura uma praia para a prática de esportes, claro que você pode praticar esportes em outras praias, mas a chance de não incomodar os outros banhistas é bem maior numa praia menos urbana.



Grumari, no Rio de Janeiro, uma praia ainda preservada e selvagem
Grumari, no Rio de Janeiro, uma praia ainda preservada e selvagem


Grumari, no Rio de Janeiro, curiosidades


Grumari está entre um dos trechos da Trilha Transcarioca que cruza o Rio de Janeiro, num percurso de cerca de 180 km. Sai de Barra de Guaratiba até o Morro da Urca, aos pés do Pão de Açúcar, e são percursos considerados difíceis.

No total cruzam seis unidades de conservação, entre zona oeste, norte e sul da cidade. São 25 trechos  que podem ser percorridos de maneira independente.

Grumari tem 2 dos 6 trechos:

1. Barra de Guaratiba x Grumari - 4h aproximadamente e 7 km

Esse trecho passa pelas chamadas Praias Selvagens, que são: Praias Meio, Perigoso, Funda, Inferno, pela Pedra do Telégrafo e a Pedra da Tartaruga.

2. Grumari x Grota Funda  - 4h aproximadamente e 6,8 km

Esse trecho passa pela Praia de Grumari, Mirante da Bica, Gruta da Bica.


Quer conhecer uma outra região de belíssimas praias, fica na Bahia, e a Lilian Azevedo, do blog Uma Senhora Viagem, conta sobre as Praias em Barra Grande e a Península de Maraú.



Grumari, no Rio de Janeiro, com 2,5 km de extensão de praia
Grumari, no Rio de Janeiro, com 2,5 km de extensão de praia 


Grumari, no Rio de Janeiro, como chegar nesse paraíso


Você pode chegar em Grumari por Barra de Guaratiba ou, a mais comum, pelo Recreio dos Bandeirantes. Chegando pelo Recreio você vai passar pela Prainha, mais uma praia paradisíaca, point de surfistas e a Praia do Abricó, uma praia de naturismo.

Uma dica interessante para quem não está chegando no Rio pela primeira vez, ou para quem sempre prefere locais menos turísticos e frequentados por locais, é se hospedar na zona oeste do Rio e o Ramada Hotel Recreio Shopping é uma excelente opção.

Não existe transporte público, então o ideal é chegar de carro, mas claro que sempre existe a possibilidade de usar táxis ou aplicativos, mas eu, particularmente, acho muito arriscado, especialmente na hora de ir embora, a não ser que seja acordado previamente um horário para o motorista ir te buscar. Existem muitas vagas ao longo de toda a praia e também estacionamentos fechados.

Se você preferir, a Civitatis, parceira do blog, pode te levar a Grumari e as trilhas da Prainha.

Nos finais de semana e feriados é aconselhável chegar bem cedo, pois como já mencionei acima, existe um limite  de capacidade. Agora imagina chegar até lá e não conseguir entrar, bem frustrante. Se for possível, visite durante os dias de semana.

Itens indispensáveis e que nunca é demais lembrar é o uso de protetor solar, óculos de sol e chapéu ou boné. Como a praia não tem a estrutura de outras praias, pode ser uma boa opção, se você tiver, levar  cadeiras de praia. 

Não é permitido fazer churrasco, mas outra sugestão é, se possível, como a praia não tem muita estrutura, levar o seu próprio lanhe, incluindo comidas e bebidas, e, claro, em Grumari, em qualquer praia ou em qualquer lugar do mundo, recolher o seu lixo e não poluir a natureza são deveres de todos nós.


E quer mais uma dica de um destino incrível, aqui mesmo no Brasil, no nosso Maranhão, a Adelaide Pereira, do blog Turista Imperfeito, conta tudo sobre a Praia de Atins.


Vista panorâmica e arrebatadora da chegada a Grumari, no Rio de Janeiro
Vista panorâmica e arrebatadora da chegada a Grumari, no Rio de Janeiro


Grumari, no Rio de Janeiro, o que mais fazer nessa região


Como já disse acima, essa é uma região de reserva ambiental, portanto, super preservada, quase intocada, com vegetação de restinga, morros e costões. Tem também um mirante bem fácil de subir e com uma vista de tirar o fôlego. Fica no canto direito da praia.

Para os que gostam de uma aventura, ali nos arredores existem outras praias selvagens, podendo ser acessadas por mar ou por trilhas, é o caso das Praias do Meio, do Inferno e Perigoso.

A Praia do Meio é mais próxima da Barra de Guaratiba, ponto de passagem para quem está na Trilha da Pedra do Telégrafo, alias, para quem gosta de trilha, essa é muito famosa e procurada.

A Civitatis, parceira do blog, pode te levar para conhecer a Pedra do Telégrafo e as Praias Selvagens.

O Parque Estadual da Pedra Branca, a maior floresta urbana do mundo, também fica ali nas proximidades. O Parque se estende por 17 bairros: Jacarepaguá, Taquara, Camorim, Vargem Pequena, Vargem Grande, Recreio, Grumari, Padre Miguel, Bangu, Senador Camará, Jardim Sulacap, Realengo, Santíssimo, Campo Grande, Senador Vasconcelos, Guaratiba e Barra de Guaratiba.


E para os apaixonados por praia, não pense que só tem praia bonita no Brasil, vou deixar uma dica da Gisele Prosdocimi, do blog Destinos Por Onde Andei, sobre Boccadasse e sua praia imperdível em Gênova.



Gostou desse post? Quer contratar uma consultoria de viagens? O Blog Olivia Garimpando Por Aí e sua agência de viagens Garimpando Por Aí Viagens tem tudo para te ajudar na realização dos seus sonhos. Além da venda de passagens aéreas, hospedagem, seguro viagem, aluguel de veículo e Disney, você ainda poderá contar com a minha expertise de viajante com dicas únicas.